Florais de Bach e seu poder de cura

 

Eu sou terapeuta floral há mais de 20 anos. Meu despertar por esta arte mágica foi na adolescência. E não foi à toa. O poder de cura dos florais atraiu-me por vários motivos. Primeiro: floral não é homeopatia. Ele advém de flores específicas que, banhadas à luz do sol, são energizadas e têm o poder de curar. O criador dos pioneiros Florais de Bach foi, como indica o nome,

o médico inglês Edward Bach. Ele selecionou dezenas de flores e testou-as, cada uma para funções específicas relacionadas às emoções. 

Apaixonada por florais, não canso de falar: eles tratam a alma, o espírito, os sentimentos mal trabalhados que geram inúmeras doenças, caracterizadas como psicossomáticas. São aquelas emoções negativas que não conseguimos administrar bem em eventos passados e vão se somatizando, somando-se no organismo como uma espécie de lixo emocional, até o corpo “gritar”por socorro por meio de uma simples (ou dolorosa e crônica) dor de cabeça até doenças muito mais graves, que atingem o físico e/ou o psicológico/mental.

Não existe uma padronização de florais de Bach. Cada indivíduo é único e necessita de uma associação de florais personalizada, feita por meio de uma séria anamnese (diagnóstico do paciente com entrevista aprofundada). Por isso, a necessidade de um especialista que estudou para tal, um terapeuta holístico/floral. Ele que vai, realmente, saber quais e quantas são as essências necessárias, a princípio, para o paciente. E como o tratamento é a longo prazo,  pois mexe com níveis profundos da alma, mensalmente é feita uma nova entrevista, para avaliar os avanços emocionais e a necessidade de troca e substituição de novas essências florais, a fim de dar continuidade ao tratamento, até a alta, que pode ser em meses.

A forma de utilização é simples: após entrevista com o terapeuta, são selecionadas as essências que o paciente precisa. Ele mandará fazer o floral em uma farmácia de manipulação. O vidrinho vem com um conta-gotas que o paciente vai utilizar para pingar as gotinhas embaixo da língua, várias vezes ao dia (a posologia é indicada pelo próprio terapeuta floral.

Portanto, para refletir: a Vida é escrita conforme nossa postura mental. Os florais (de Bach, californianos, entre tantos outros que vieram depois), auxiliam na mudança de crenças e emoções negativas transformando-as em positivas (inversão de pólo), em um lindo processo de cura emocional, física e espiritual, que fortificam nossa vibração para o lado maravilhoso da Vida. Para uma nova postura mental, desenhando, assim, uma trajetória repleta de felicidade, bênçãos e graças. 

E viva aos florais!

Com amor e gratidão,

Equipe Curando Sua Vida